Ensaios de Tratabilidade

O efluente industrial pode ser tratado por uma variedade de processos químicos, incluindo neutralização ácido/base, preciptação e oxidação/redução, como por exemplo, os metais, podem ser preciptados com uma base, carbonato ou sulfato. Além disso, o efluente industrial também pode ser tratado por vários processos físicos, sendo que, em alguns casos, sedimentação ou separação por densidade podem ser usadas para remover substâncias sólidas ou liquidas imiscíveis na água.

A definição da tecnologia a ser utilizada no tratamento, muitas vezes depende da realização de ensaios em laboratórios, ou em escala piloto. Para realização dos ensaios de bancada são utilizados diversos equipamentos: reatores estáticos (jarteste, floteste, coletor especial); equipamentos de leitura dos parâmetros de qualidade da agua (turbidímetro, espectrofotômetro, potenciômentro, entre outros); e materiais auxiliares (vidrarias, balança, cronometro). 

O ensaio de tratabilidade consiste na simulação do tratamento do efluente, visando a definição do processo de tratamento, através do uso de equipamento de reatores estáticos ou jarteste onde é possível realizar ensaios simulando as varias etapas do tratamento em ciclo completo: pré oxidação, adsorção em carvão ativado pulverizado, coagulação, floculação e sedimentação e - com instalação dos filtros de laboratório – filtração em areia e adsorção em carvão ativado granular.


Publicado em: 10/12/2012 11:40:37 | Textos relacionados | Página principal
BiosorbentsClimetempoInmetro